A COMPANHIA

 A Companhia de Eventos Lionarte, é uma das primeiras companhias de teatro do interior Pernambucano. Criada em 31 de Outubro de 1987, a Companhia de Eventos Lionarte passa a existir oficialmente através das Documentações Legais, no dia 22 de Setembro de 1988, na cidade de Limoeiro, e tem sua origem ligada ao movimento estudantil. Sua formação se deu logo após a realização da Oficina de formação de atores e técnicos ‘Vamos Brincar de Fazer Teatro’, promovido pela Secretaria de Educação, Cultura e Esportes da Cidade de Limoeiro, naquele período.
A Lionarte é um dos grupos de teatro mais importante, não só para Limoeiro, mas para toda região, sendo filiada a FETEAPE- FEDERAÇÃO DE TEATRO DE PERNAMBUCO. Participa de vários festivais e fóruns dentro e fora do seu estado de origem. Montando não só espetáculos de teatro, mas promove também eventos de cunho sociocultural, eventos como Saraus, Intervenções, Festival de Teatro, Festival de Verão, Encontros de Politicas Culturais, Campanhas de Solidariedade, Lançamento de Livros, Oficinas de Formação Cênica, além de desenvolver ações ligadas aos segmentos de Cultura Popular, Dança, Música e Capoeira, entre tantas outras atividades onde a companhia se faz presente.
O elenco que trabalha com um Lionarte, é em sua grande maioria formado por atores da própria companhia, cabendo ainda à participação de atores e diretores convidados.
Contudo, a Lionarte possui uma série de projetos que são desenvolvidos anualmente, como é o caso do FESTEL- FESTIVAL DE TEATRO DE LIMOEIRO, que vem estimular a formação de plateia e incentivar o intercâmbio o entre grupos; e a encenação anual da CAMINHADA NATALINA – o Auto Natalino Itinerante, que promove uma reflexão social, possuindo um formato único dentro país, de acordo com um FETEAPE - Federação de Teatro de Pernambuco. Além de projetos que são desenvolvidos periodicamente, como a Oficinas de Iniciação Teatral e Formação - VAMOS BRINCAR DE FAZER TEATRO, realizado normalmente a cada triênio, sendo observado sempre a necessidade da cidade em que esta sediada. Fazendo assim uma fusão entre o ator, a cena e a plateia.
São mais de duas décadas de muito esforço e dedicação, que resultam em grandes conquistas, recebendo diversos prêmios de destaque teatral, a nível local e nacional. Participando de inúmeros festivais, como:
• Festival Nacional de Arcoverde/PE - 1993;
• Festival de Teatro de Serra Talhada/PE - 1995;
• Festival de Teatro de Guaramiranga/CE - 1995;
• Festival de Teatro de Timbaúba/PE - 1995;
• Todos Verão Teatro – Recife/PE - 1995/2001/2005/2008/2015;
• Festival de Teatro de Petrolina/PE - 1997;
• Festival de Teatro de Vitória de Santo Antão/PE - 2006;
• Festival de Teatro de Surubim/PE - 2006;
• 14º Janeiro de Grandes Espetáculos/PE – 2008;
• 1º Festcom- Festival de Teatro de Comédia/PE -2008;
• Festival Nacional de Teatro Macapá/AP – 2008;
• 10ª Festas das Dalias/PE- 2009;
• IIIª Mostra SESC de Teatro Estudantil de Surubim/PE – 2009;
• 3ª Mostra Capiba de Teatro/PE - 2009;
• Iª e IIº Mostra SESC de Teatro São Lourenço da Mata- PE - 2010 e 2011;
• Festival Nacional de Teatro Tuparetama/PE – 2010;
• 1ª Bienal Nacional do Teatro Potiguá/RN – 2010;
• Projeto Teatro no Sítio da Trindade/PE – 2011;
• Festival Haverá Teatro? /PE - 2014;

 Em 2016, a Cia. de Eventos Lionarte completa 29 anos de atividades teatrais interruptas. Sem fórmulas e sem métodos definidos, a Lionarte sempre pautou sua prática por um teatro de grupo. Nossa linguagem de trabalho é uma junção entre o erudito e o popular. Desenvolvendo um teatro de formação, buscando sempre as raízes do teatro, através de estudos e capacitações. Hoje, é um dos grupos que mais aprova projetos em diversos segmentos culturais dentro da região do Agreste Pernambucano Setentrional.
O currículo de espetáculo da companhia é formado por uma enorme diversidade, indo desde o popular, passando pelo político, ecológico, religioso e histórico. São 14 espetáculos encenados, e alguns até remontado. Tudo mistura num enorme caldeirão cultural. Ainda no seu período de formação e conclusão de oficina, os integrantes da oficina se dividiram em duas equipes, onde foram montados dois trabalhos: um sendo o espetáculo para palco “Liberdade” de Ivana Moura, e o outro sendo o espetáculo "O Aniversário da Princesa Papelote" de Maria Mazzetti, e que foi adaptado para o formato de fantoche.
Em 1988, já formada, a Cia. de Eventos de Lionarte montou oficialmente sua Primeira PEÇA:
1988 - O Rico avarento - de Ariano Suassuna.
1989 - A Farsa do Mestre Pathelin – Autor desconhecido (Idade Média);
1990 - TEADAMU - de Maria José Barros e Elizabeth Fonseca;
1990 - Em Boca Fechada não Entra Mosquito - de Ariano Suassuna;
1991 - Pernambucar – Colagem de Diversos Autores populares;
1993 - Amar se aprende amando - de Hilton Carlos de Araújo;
1994 - Solte o Boi na Rua - de Vital Santos;
1997 - O Cálice do Tempo - de Paulo Neto;
2000 - A Farsa do Poder - de Racine Santos;
2003 - O Auto da Estrela Divina - Adaptação de Fábio Avelino e Radaméis Moura;
2008 - QUIXOTINADAS - Cruzaventuras Sertanholas, de Silvio Roberto de Oliveira;
2010 - A Princesa e o Rio das Capivaras - de Maciel Alves;
2014 – Andança Popular – de Waldésio Melo;

Ao longo dos anos a Companhia de Eventos Lionarte visando a realização de projetos na cidade de Limoeiro e região, realiza parceria com diversos grupos, como: Tropa do Balacobaco (Arcoverde/PE), Grupo Ponto de Partida (de Barbacena-MG, atráves do Programa Cultural Vivo EnCena), Grupo Magiluth (Recife/PE), Companhia Fiandeiros (Recife/PE), Caravana do Palhaço Xililique (Limoeiro/PE), Centro de Criação Galpão das Artes (Limoeiro/PE), além de outros. 
         Em 2009, passou a ter sua história gravada em um dos Livros que integram a História do Teatro Brasileiro, a série “Memórias da Cena Pernambucana - 4º volume”. Em 2015, integra também o Livro “Panorama do Teatro para Crianças em Pernambuco”. Nos últimos anos vem desenvolvendo suas atividades em sua sede, o Espaço Cultural Lionarte.